Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DN & Companhia

Lamego, muitos séculos depois..!

350B6717-F9C0-43A3-9C1C-F2AE6FA0F7F6.jpeg

Quando se assinala um ano da instalação dos atuais órgãos autárquicos municipais em Lamego, em pequenos apontamentos, falarei nos próximos tempos sobre o estado político, social e de desenvolvimento da cidade e visão geoestratégica no contexto regional e nacional. 

 

Sempre digo ao que vou, e com estes apontamentos quero, num propósito de intervenção política e de exercício de cidadania ativa, dar a minha opinião, sem reservas ou tabus, incitando outros, jovens, menos jovens, todos, a refletirmos sobre o futuro coletivo - Cidadania Política! 

 

LAMEGO PERDEU O COMBOIO!? 

A história diz-nos que Lamego perdeu literalmente o comboio! 

Mas manteve sempre uma “locomotiva” que puxava um grande comboio humano - as emoções e as atrações que só Lamego conseguia ter. Por exemplo, a Senhora dos Remédios, os serviços da justiça e outros serviços públicos, a Diocese, o ensino, a dinâmica comercial, etc! 

 

No passado recente, Lamego apanhou o comboio errado quando optou pelo eixo de cidades Vila Real - Régua - Lamego. 

Deixando apeados todos os concelhos que a tinham como referência e como a sua cidade de coração, Lamego deixou de se posicionar como a capital cultural e histórica do Douro a Sul, a Beira Douro! 

 

No presente, Lamego parece ter desistido de apanhar o comboio do futuro! Andamos ainda à procura de que futuro queremos! 

Sem uma ideia clara para a cidade e para o concelho, perdemo-nos nas pequenas coisas que nos tiram energia e não nos levam a lado nenhum! 

 

Constatações: 

 

- O Governo Municipal é constituído por diversas locomotivas que puxam para direções diferentes. Aqui incluo todas as forças políticas com mandatos!

- Vamos adiando as mudanças estruturais para a cidade e para o concelho. 

- A Sociedade Lamecense mostra sinais de reagir! 

 

Sentimento social e político: 

 

Tenho em todas as forças políticas com mandatos nos diferentes órgãos municipais, pessoas que conheço há muitos anos, outras mais recentemente, mas nada me faz sentir que não sejam todas elas capazes de fazer melhor!

 

Tenho também das forças vivas da cidade, e quando falo de cidade estou a referir todo o concelho, uma excelente ideia, tanto na capacidade de realização como na vontade de contribuir para os novos desafios e para o aproveitamento das oportunidades coletivas. 

 

Tenho ainda a certeza de que há na Sociedade desta cidade excelentes quadros e competências capazes de contribuir para a afirmação de Lamego. Não precisamos de tutelas nem paternalismos condicionadores de quem não vive, não sente, nem tem memórias e sentimentos de profunda identificação com a identidade sociológica desta cidade. 

 

Caminho: 

Importa mudar a forma de estar e fazer política. 

 

Tem o PS a responsabilidade de nos mostrar uma visão clara e um projeto credível  e exequível e realizações concretas. Se não o fizer nos próximos tempos, muito próximos, corre o risco de confirmar a imagem de que nada acontece de estruturante. 

 

Para as outras forças políticas, fica a tarefa de clarificarem o seu posicionamento e a participarem com propostas concretas. 

A não existência de uma maioria formal no Executivo obriga todos a clarificarem como pretendem estar.  

Cada uma das partes, com visões eventualmente e naturalmente diferentes, podem contribuir para um novo tempo social, político e de desenvolvimento desta cidade, deste concelho e, em consequência, de toda a região onde Lamego se deve assumir como referência cultural e histórica. 

DN 

 

 

Nota: numa declaração de interesses, refiro que sou militante no PSD de Lamego! 

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Contactos