Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DN & Companhia

Apontamentos do Douro Sul

douro sul 1.jpg

Sernancelhe faz bem!

Sernancelhe sabe fazer muito bem à cultura e coloca-a numa dimensão audaz.

Valoriza o seu património material e imaterial, de forma invulgar!

Exemplo disto, recentemente no Carregal, pude assistir a um evento de altíssima qualidade organizativa, de elevadissimo conteúdo cultural e com uma participação de cidadãos absolutamente anormal.

E, com aquele requinte da simplicidade e do bom gosto!

Até o convívio final, com referências gastronómicas destas terras, espelhava a subtileza de quem concretiza com minúcia e planeamento.

A apresentação da reedição de um dos livros - cinco reis de gente- ícone da obra literária de Aquilino Ribeiro, foi um momento que nos encheu a alma!

Estava subjacente a vontade inequívoca de honrar o Autor, a sua obra, acolhendo, com peculiar sentido de inclusão cultural, todos sem exceção.

Um lançamento de um livro em ambiente físico e humano certamente pouco comuns.

Parabéns ao Município e ao povo de Sernancelhe pela participação , pela visão e capacidade de estar e fazer bem!

 

Saúde em Mudanças!?

O Governo prepara mudanças organizacionais na saúde, em particular nos Agrupamentos de Centros de Saúde.

Não nos perdoariam os cidadãos, se nada fizéssemos para impedir a morte lenta da estrutura que devia gerir proativamente os cuidados de saúde primários.

Não deixemos os profissionais da saúde e a Governação Clínica deste nível de cuidados, que tanto esforço fazem, cada vez mais sozinhos.

Saibamos encontrar rapidamente um caminho para a saúde na nossa região.

Aqui incluo também o Hospital de Lamego que precisa de um programa funcional que sirva os cidadãos e que valorize os excelentes profissionais que lá trabalham.

Não será possível arrastar por muito mais tempo estes problemas.

Em saúde arrastar no tempo, significa sempre.....!

Voltarei a este tema quantas vezes forem necessárias.

Os custos humanos da inação um dia podem ser contabilizados e enviada a conta a quem de direito!

 

Quantos somos?

Precisamos perceber quantos são os concelhos do Douro Sul disponíveis para apostarem nesta escala de forma mais consistente, a mínima de sobrevivência territorial.

As próximas eleições autárquicas, desejavelmente, poderiam fazer a agenda para as dinâmicas a considerar como prioritárias à escala Douro Sul.

Devemos aproveitar o que de bom já está a acontecer e planear o que desejamos promover em conjunto.

 

Lamego cidade de afetos!

Os Remédios, este evento humano fantástico, é há muitos anos uma grande referência nacional.

Há uma clara associação de Lamego à festa de Nossa Senhora dos Remédios e aos fortes sentimentos que lhe estão subjacentes .

Esta cidade agiganta-se nesta época.

Precisamos encontrar um modelo, sem pôr em causa a essência, a identidade e a alma destas festas, que promova uma maior dinamização da estrutura económica de Lamego e da região.

Não me canso de dizer que Lamego é uma das mais valiosas marcas territoriais de Portugal.

 

 

A aposta na educação!

De Penedono vem um exemplo de personalização do apoio às crianças e jovens nos meios logísticos do processo escolar.

É notável neste território do Douro Sul a quantidade de exemplos das estratégias bem conseguidas para facilitar a vida às famílias, permitindo uma cada vez maior democratização do acesso aos mais altos níveis de educação.

Felizmente os Municípios sabem que a educação é o vetor mais relevante da afirmação dos seres humanos.

 

Douro Sul - A cidade que se impõem!

 

Domingos Nascimento

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Contactos