Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DN & Companhia

A Social Democracia em Lamego

12E6D7E9-BDAB-4FDC-815D-0D07C991CAA8.jpeg

 

 Neste 19 de Julho , Francisco Sá Carneiro faria 84 anos e Portugal seria, certamente, um país diferente! 

Um bom exemplo de que as pessoas fazem toda a diferença e é a partir dos seus princípios e valores que se constrói a mudança e o futuro coletivo.

Inspirado na referência maior da social democracia em Portugal, faço aqui uma pequena reflexão sobre a importância da ação social democrata em Lamego.

 

«A dinâmica da social democracia em Lamego deve estar assente numa estrutura que aglutine princípios, valores, estratégias e compromissos claros, capaz de ser o suporte para um novo futuro: 

Suporte político para a ação dos atuais eleitos!
Suporte para o trabalho concreto de estudo e desenvolvimento de ideias objetivas que melhorem a vida das pessoas que vivem a cidade e todo o concelho, sem se esquecer a região!

 

Para melhor se afirmar, o PSD, deverá assumir a responsabilidade de não ser um partido fechado, abrindo-se a novas visões da vida em comunidade, neste novo tempo sociológico que exige participação dos cidadãos e uma atitude transparente da ação política!

O PSD em Lamego fará futuro se conseguir dar  espaço às bases partidárias e aos cidadãos em geral, valorizando os olhares frescos e competentes.

 

Para a ação externa, espera-se de nós sociais democratas de Lamego, militantes ou simpatizantes, a força mobilizadora para ajudar a afirmar Lamego no contexto regional e nacional.
A cidade e o concelho precisam e esperam um PSD atento para  interpretar as necessidades das pessoas e capaz de apontar e defender novos desígnios para esta terra.

 

Para a organização interna, o PSD de Lamego precisa de soluções construídas em Lamego pelo PSD de Lamego.

 

Com a participação de todos, não deixando ninguém para trás, saberemos reafirmar a social democracia em Lamego em todos os níveis da intervenção política!» 

 

Sá Carneiro é sempre uma grande inspiração para quem sente e vive a politica como "um dever  de cidadania!"
DN

 

Proteção Civil em Lamego!

1.jpg

 

Está a comemorar-se o dia internacional da proteção civil, com os eventos oficiais do Governo de Portugal a decorrerem aqui em Lamego no Centro Multiusos!

 

 Felicito o Município por acolher esta iniciativa, envolvendo todas as forças e os cidadãos, com especial presença das crianças !
A Proteção Civil é também Cidadania!

 

Felicito ainda o município pela criação de um centro coordenador municipal de proteção civil. Importa olhar para a proteção das pessoas e bens com elevado profissionalismo. Um aspeto relevante é também sua localização, ficando bem visível para os cidadãos !

 

Importante também que se pense num modelo de coordenação e estruturação de forças de proteção civil à escala do Douro Sul.
Juntos somos mais fortes e estaremos melhor preparados para combater as problemáticas e se adotarem políticas de prevenção ativas.

 

O Multiusos hoje está cheio de equipamentos e pessoas, alegre e protegido, constatando-se que este executivo o considera um equipamento seguro, confortável, amplo e muito útil para Lamego e para a região! ?
DN

 

2.jpg

3.jpg

4.jpg

 Fotos: Rádio Douro Nacional / Rádio Clube de Lamego

 

Gente Que Faz - a diferença!

carlos silva 3.jpg

 Depois da eleição em 2013 como um dos mais jovens Presidentes de Câmara, fez um mandato diferenciador!

Implementou um seu modelo que vincou uma nova forma de estar e fazer politica local - proximidade, simplicidade, competência, visão estratégica, mobilização para a resolução dos problemas das pessoas, das empresas e das instituições, e, ainda, dando espaço à participação e envolvimento de todos!

 

O seu concelho, Sernancelhe, rendeu-se a esta nova forma de estar e deu-lhe, neste ano que ontem acabou, uma vitória histórica! 

Os seus homólogos de 18 municipios, deram-lhe a responsabilidade de liderar a CIM - Comunidade Intermunicipal do Douro, estrutura com enorme relevância na definição e operacionalização das politicas económicas, infraestruturais e sociais na Grande Região do Douro! 

 

Carlos Silva é, indiscutivelmente, a personalidade de 2017, e uma das novas e bem preparadas esperanças para promover mudança positiva nesta vasta região do Douro e das Beiras! 

DN 

Lamego é, também, a minha cidade!

lmg.jpg
Estou cá todos os dias, vivo-a desde que nasci! Tenho feito por cá uma intervenção social e política de pouco relevo!

Tenho,  todavia, participado na promoção do desenvolvimento local e até elegi, há muitos anos, Lamego como a estrutura central da minha atividade profissional!


Pretendo continuar a fazer  um trabalho político  e social, em toda a região, com especial ênfase no Douro Sul! É a partir de Lamego, esta cidade emblemática e referência da região, que me envolvo nas ações de cidadania ativa e solidária!

Mas, neste momento político, para que fique claro, e como sempre digo ao que vou e o meu enquadramento, informo que solicitei, há algum tempo, a minha militância no PSD para a secção de Lamego! Desejo participar na construção de um novo ciclo da social democracia, em Lamego e em toda a região!

Saliento ainda que nunca me fecho em plataformas partidárias, pelo contrário, participo  em plataformas abertas de cidadania! Não gosto de fundamentalismo e subserviências cegas e destruidoras de capacidade crítica! Para mim, independentemente das opções partidárias, a admiração pelos concidadãos tem só duas premissas: o respeito e a confiança!

Estou habituado a fazer caminho caminhando!

Participar é um direito e dever de cidadania!

DN

A desertificação humana...  É, nosso principal problema! 

varosa .jpg

 

A desertificação humana 
É nosso principal problema! 


Todos os problemas são problemas, mas há alguns que provocam ainda muitos mais problemas.
O efeito depressivo que a falta de pessoas tem nos territórios deve ser ponderado e tomadas medidas urgentes. 
A região caminha para o desaparecimento humano?
O trabalho dos Municípios não é já suficiente e é muitas vezes inglório porque não é acompanhado por políticas adequadas dos governos centrais!
Para além do trabalho em rede, criando-se uma comunidade apoiada e motivada, teremos que exigir medidas suplementares que promovam fixação de empresas e fomentem a empregabilidade. 
São vários os exemplos de Municípios que tudo fazem na região para atrair investimento multiplicador. 
Há casos de sucesso, mas ainda assim insuficientes. 
Só a instalação de  grandes estruturas empresariais poderiam mexer estruturalmente com o emprego e consequentemente com a contenção da fuga de gente para outras regiões do país e estrangeiro, ou atrair pessoas para a região. 
Para ambicionarmos algo do género , precisamos de uma estratégia conjunta e encontrar-se um critério que defina a localização mais adequada, independentemente do concelho. 
As características do território do Douro Sul, o facto de termos um aeroporto de referência, um porto de grande capacidade,  ferrovia a caminho da Europa bem perto, e rede viária razoavelmente organizada, permitirá demonstrar as vantagens de instalar nesta região investimento de relevo. 
Já se estão a perguntar a que Aeroporto me refiro, mas claramente todos sabemos a resposta. O Aeroporto Francisco Sá Carneiro está a cerca de hora e meia, e, como as distâncias se medem em tempo, o aeroporto fica já ali. 
A diferenciação pelas intangíbilidades notáveis e notórias, as características climáticas e geográficas, a monumentalidade, a gastronomia e os contextos humanos em geral, serão, havendo uma  estratégia conjunta adequada e objetivada, grandes argumentos. 
Há, por tudo isto, e a par do excelente trabalho já realizado pelos Municípios e Instituições, a necessidade de fixarmos um objetivo claro de atrairmos investimento relevante e impactante para o Douro Sul. 
Agir é a solução  e partirmos, a uma só voz, para o mundo à procura desse investimento. 
Se acharmos que é difícil, então nunca acontecerá!
Douro Sul - a cidade que se impõem, tem futuro!

Lamego - A dialética politica está a fazer caminho!

lamego março 2 .jpg

 A dialéctica política fez o seu caminho!

Agora que está encontrado o candidato do PSD para o Município de Lamego e depois de publicamente me ter referido ao assunto, quero manifestar, também publicamente, a minha solidariedade com a decisão.


Considero que o PSD tem todas as condições para, numa visão nova e numa atitude necessariamente diferente, apresentar ao concelho, um projeto ganhador!


As pessoas de Lamego têm deixado bem claro o que esperam do novo poder local.

 

Ainda acredito que PSD e o CDS tudo farão para dar aos cidadãos de Lamego a solução mais consistente e coesa.

 

Nós, os cidadãos que vivemos e sentimos Lamego todos os dias, queremos uma solução que honre a História desta cidade e que a projete para uma afirmação regional, nacional e internacional!
Lamego tem uma missão histórica: ser a cidade referência do Douro Sul!
DN

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Contactos